Rua João Lisboa s/n São Pedro
Codó-MA CEP 65.400-000
(99) 3661-3856
(99) 98805-2207
suporte@hostdominus.com.br
vendas@hostdominus.com.br

Hospedagem de Sites


O que é hospedagem de sites e como escolher o melhor custo-benefício para seu projeto

Se você não trabalha diretamente com tecnologia é possível que tenha dificuldade em compreender alguns termos comuns deste segmento. Talvez você não saiba o que é  hospedagem de sites, tenha dúvidas sobre domínio e não entenda a diferença entre servidores. Fique tranquilo, iremos ajudá-lo a entender esse universo (que nem é tão técnico assim) para que você fortaleça a sua presença digital.  

Qual a diferença entre domínio e hospedagem de sites?

Esses dois termos andam juntos, porque nenhum site vai para o ar sem eles. O domínio é o seu endereço na internet, ou seja, é o que vem depois do “www”. Pode ser o nome da sua empresa ou algo relacionado ao seu segmento de atuação. Por exemplo: www.floresdamaria.com.br ou www.floricultura.com.br. Cada domínio é exclusivo, por isso é importante conferir se o que você deseja usar está disponível. O órgão que regula e controla o registro de domínios no Brasil é o Registro.br, mas você pode fazer essa consulta e contratação através de alguns provedores de hospedagem, que também oferecem recursos para o registro de domínios internacionais, ou seja, que não utilizam .com.br.

Entender o que é hospedagem de sites também é fácil. Ela é responsável por armazenar todas as informações e arquivos contidos em um site Isso significa que, depois de escolher o domínio do seu site, você irá decidir onde ele ficará hospedado. Se traçarmos um comparativo, o domínio pode ser representado por um endereço, como “Rua João Augusto, nº 35”, enquanto a hospedagem é o espaço físico, que neste exemplo pode ser um comércio, uma casa ou apartamento, o local onde são guardados seus pertences. Na internet, os dados também ocupam um determinado espaço, mesmo que virtual. A hospedagem é, portanto, onde os conteúdos ficam armazenados e são disponibilizados na internet durante 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Agora que você já sabe o que é hospedagem de sites é importante saber que existe um terceiro elemento muito importante: o servidor. Os conteúdos dos sites ocupam um espaço virtual (a hospedagem) que, por sua vez, precisa de uma estrutura física para arquivar as informações (os servidores).

Conheça os principais tipos de hospedagem

Assim como existe a hospedagem em hotéis, que costuma ser temporária, e o aluguel de casas, para uma permanência mais prolongada, também existem variações entre hospedagens de sites. No mercado existem vários planos, mas aqui falaremos sobre três deles. Você saberá o que é hospedagem para sites únicos, sites e domínios múltiplos e lojas virtuais. As formas de contratação e os benefícios também podem variar, como você verá a seguir.

Hospedagem para um único site

Entre os tipos de hospedagem de sites e formatos de contratação, você pode optar por planos com pagamentos mensais, trimestrais, semestrais, anuais ou por períodos maiores. Mas, afinal, o que é hospedagem de sites únicos? Como o próprio nome já diz, é um serviço que você contrata para apenas um domínio. O armazenamento pode ser limitado, mas a transferência de dados costuma ser ilimitada e você ainda tem benefícios como contas de e-mail gratuitas e pode usar um criador de sites sem custo adicional.

Hospedagem para múltiplos sites

Podemos classificar os planos de hospedagem de sites em pequenos, médios e grandes. O plano que apresentamos no tópico anterior pode ser considerado um plano pequeno, pois armazena apenas um site. Já um plano médio pode hospedar vários sites e domínios e o investimento tem pouca diferença. 

Hospedagem para múltiplos sites e lojas virtuais

Para quem precisa hospedar vários sites ou lojas virtuais, o ideal é optar por um plano preparado para grandes volumes de dados. Além de ter um armazenamento maior, um plano como este costuma oferecer certificado de segurança gratuito, que é o Certificado SSL.

Se você tem uma loja virtual é recomendado usar uma linguagem mais segura, com criptografia e certificado de segurança. Esses recursos transformam as informações em códigos e embaralham os dados para aumentar a segurança do usuário e tornar o seu site mais confiável. Temos um post que explica os principais motivos para usar HTTPs no seu site.

Vale lembrar que independente do plano escolhido é fundamental que o fornecedor da hospedagem ofereça atendimento 24 horas. Afinal, caso ocorra algum contratempo você precisará de auxílio para resolver.

4 aplicações que você precisa conhecer, agora que sabe o que é hospedagem de sites

WordPress

O WordPress é uma solução usada por 27% da população mundial para criar sites. A aplicação oferece mais de 350 temas que são totalmente customizáveis. Também é possível inserir vários plug-ins para simplificar a rotina de publicações de novos conteúdos, além de várias outras funções.

Joomla

O Joomla é uma ferramenta extremamente versátil, que também permite personalização. Essa é uma solução OpenSource, que possui um código aberto e é desenvolvido por meio de trabalho colaborativo, o que faz com que esteja em constante avanço.

Magento

O Magento é a opção ideal para quem quer começar uma loja virtual. A plataforma é prática e 100% flexível. Com apenas três cliques é possível instalar uma loja virtual.

Drupal

O Drupal é outra ferramenta muito conhecida por sua flexibilidade. É uma solução que dá agilidade ao desenvolvimento de projetos complexos, é segura, escalável e possui uma comunidade muito ativa e colaborativa.  Você pode usá-la para criar um site, blog ou portal.

Ficou mais fácil entender o que é hospedagem de sites e porque você deve conhecer esse universo mais a fundo? Se você ainda tem alguma dúvida.

 

Fonte: HostGator


O que é uma hospedagem de site?

 

Você já parou para pensar em como um site fica disponível na internet? Registrar um domínio é o primeiro passo para começar sua presença online, mas ter apenas ele não garante que o site estará online na internet.

Além do domínio – que é o seu endereço na internet – você precisa de um local para guardar os arquivos que compõem seu site, então com essa dupla seu site ficará online perfeitamente.

Venha conhecer como funciona esse armazenamento do site e o que é uma Hospedagem de Site.

O que é uma Hospedagem de Site?

Um site é um conjunto de arquivos (textos, imagens e códigos) que juntos formam as páginas que estamos acostumados a encontrar na internet. Os arquivos do site são lidos por programas especializados – os navegadores, mas antes esses arquivos precisam estar guardados em determinado local, o que chamamos de servidor.

Ter esse local para armazenar os arquivos é fundamental, pois o domínio não guarda nenhum conteúdo do site, ele é apenas o endereço eletrônico (ou URL). O que faz esse papel é o servidor.

Um servidor é um computador robusto que possui mais recursos e melhor desempenho que um computador normal, ele possui a função de armazenar diversos arquivos e deixá-los disponíveis para que outros computadores consigam acessar. Por isso dizemos o servidor “hospeda” o site, foi aí que surgiu o termo hospedagem de site.

De uma forma simples: a hospedagem é um espaço no servidor que armazena todos os arquivos que compõem um site para deixá-lo acessível na internet.

Recursos da Hospedagem

Há diversos tipos de hospedagem, e cada uma possui características e alguns recursos diferentes. Vamos conhecer alguns dos principais recursos (que fazem a diferença na definição de qual o tipo de hospedagem escolher para o seu projeto):

O armazenamento (também conhecido como espaço em disco é o limite de espaço que o conteúdo de um site pode utilizar dentro do servidor. Então, antes de contratar um plano, é importante saber qual é o tamanho que os arquivos do seu site possuem para comparar com o espaço em disco disponibilizado no servidor.

É a quantidade de dados que podem ser transferidos para a hospedagem em um mês, por exemplo: quando você precisa atualizar o site, fazer upload de imagens ou qualquer outro conteúdo, o recurso de transferência está sendo utilizado.

Além disso, ao acessar um site é feito o download dos arquivos pelo navegador, dessa forma a transferência (ou tráfego) também está relacionada à quantidade de visitas que um site recebe. Porém isso não está relacionado a picos de tráfego, mas sim, um tráfego constante.

Outro fator que está ligado ao consumo deste recurso é a otimização do site, sendo assim, os sites com melhores otimizações consomem menos recursos de transferência.

Painel de Controle:

Um Painel de Controle serve para facilitar a administração do site e dos recursos da hospedagem contratada sem que o usuário precise ter conhecimentos técnicos. Nesses paineis a interface é amigável, o que torna mais fácil o gerenciamento da hospedagem, criar contas de e-mails, alterar senhas, configurar domínios, banco de dados, instalar softwares etc.

Contas de e-mail:

O e-mail é uma das principais ferramentas de comunicação na internet, e ter contas de e-mail com o seu domínio, além de ser muito profissional, garante um contato com mais credibilidade com os seus clientes ou leitores.

O e-mail é oferecido gratuitamente em muitas hospedagens, incluindo a HOST DOMINUS, e aqui o número de contas que podem ser criadas é ilimitado (lembre-se que as suas mensagens de e-mail também irão contabilizar no espaço em disco da hospedagem).

Domínios:

O domínio é o endereço do site na internet (entenda mais neste post), e conhecer quantos domínios pode ter em uma hospedagem é pertinente para quem deseja criar vários sites diferentes. Mas se você tiver apenas um site um plano com domínio único, como o Plano 4, por exemplo, oferece recursos suficientes.

Criador de Sites ou CMS:

Para quem não tem conhecimento técnico, um dos principais fatores a serem analisados em uma hospedagem de site é a disponibilidade de Criador de Sites ou CMS (sistemas de gerenciamento de conteúdo).

Há diversas formas para criar um site e, certamente, a melhor opção para quem não sabe programar é escolher um criador “arrasta e solta” – que é fácil de usar. Além disso também há a opção de criar um site com alguma CMS como o WordPress, por exemplo – e é importante saber se a hospedagem escolhida aceita a instalação desses gerenciadores de conteúdo, como é o exemplo da hospedagem de site HOST DOMINUS – que é compatível com os dois.

A Hospedagem de Site desempenha uma função primordial para o seu site, ela armazena todo o conteúdo e deixa disponível na internet. Venha conhecer nossos planos de hospedagem e conte com a ajuda do melhor suporte do mercado.

Fonte: HostGator


Datacenter virtual: uma tendência em serviços corporativos de TI

Em 2020, manter soluções de cloud computing nas empresas vai ser algo tão corriqueiro como utilizar a Internet, de acordo com o relatório Market Insights da consultoria Gartner. Desde sua popularização, a partir dos anos 2000, a computação em nuvem vem superando obstáculos e desconfianças e agora vive um boom. Hoje, é uma das principais ferramentas para o desenvolvimento de serviços inovadores e, principalmente, para a consolidação de novos negócios para as corporações.

Por conta disso, expressões como SaaS (Software como Serviço) e PaaS (Plataforma como Serviço) ganharam espaço entre os gestores e profissionais de TI por eliminarem custos com aquisição de equipamentos e licenças, trazendo agilidade na operação. Recentemente, um novo termo passou a fazer parte do universo cloud: o Datacenter como Serviço, que traz vantagens em relação à infraestrutura tradicional. Confira quatro benefícios deste que é a nova aposta entre os departamentos de TI:

1 – Investimento assertivo: possuir um datacenter inhouse (dentro da organização) ou até mesmo alugar um equipamento físico exige pagamento do valor total do equipamento – mesmo que apenas parte dele seja utilizada. Com o datacenter na nuvem, ele vai pagar apenas pelo que ocupa, economizando dinheiro e liberando verba para outras áreas importantes do negócio.

2 – Escalabilidade: por mais que um datacenter físico tenha alta capacidade de armazenamento, seu espaço é finito. Cedo ou tarde o servidor não suporta mais armazenar dados, gerando instabilidade para os usuários e comprometendo a possibilidade de novos negócios. Uma das vantagens do cloud é justamente a escalabilidade, termo que refere-se à expansão de armazenamento sem a contratação de novas máquinas.

3 – Customização de projetos: equipamentos fabricados saem da indústria com configurações já estabelecidas, cabendo às corporações adaptar suas demandas ao datacenter. Com a nuvem é o contrário: é possível escolher um modelo totalmente customizado para a realidade do negócio, fazendo do setor de TI um agente de serviços.

4 – Modernização: ficar preso às máquinas e espaços físicos vai na contramão dos negócios digitais.  Não faz muito sentido contratar aplicações de cloud para otimizar a gestão se o coração do departamento de TI – datacenter – ainda estiver restrito ao bom funcionamento do hardware.

Fonte: Locaweb


Hospedagem de Sites: Como escolher a melhor opção para o seu site

Escolher um serviço profissional de hospedagem de sites é o primeiro passo para garantir a sua presença online. Uma escolha bem pensada trará qualidade e segurança para a sua empresa ou blog pessoal, além evitar uma série de preocupações futuras.

Mas você realmente sabe quais os critérios que deve analisar para fazer a escolha da melhor hospedagem de sites para o seu projeto online? Para facilitar a sua decisão, criamos uma lista com algumas dicas para você analisar antes de fazer a escolha.

Qual é a real necessidade do seu site?

Para fazer a escolha é preciso analisar primeiro a real demanda e necessidades do seu site. Você também precisa ter em mente quais são seus objetivos com o site. Então, antes de fazer a escolha pela melhor hospedagem de sites para seu projeto, procure responder questões como:

  1. Qual é o tamanho do site? Ele será pequeno ou grande? Com quantas páginas? Terá muitas imagens, vídeos e áudios? Irá crescer com o tempo?
  2. Qual será o tráfego do seu site? Qual será o número de acessos nele?
  3. Quanto de espaço será preciso para armazená-lo?
  4. Você pretende ter uma loja virtual? Se vai, a hospedagem oferece compatibilidade com o protocolo SSL?
  5. Você já sabe qual aplicação vai usar para publicar seu site? Se você vai utilizar um Criador de Sites, terá um site estático em HTML ou se vai utilizar alguma aplicação como WordPress ou Magento, por exemplo?

Para esclarecer:
Um site pequeno ou médio, com volume de tráfego baixo a moderado se adapta perfeitamente em uma Hospedagem de Sites, ainda mais se estiver bem otimizado. Já os sites com muitas páginas e arquivos, com alto tráfego e picos de acessos precisam de uma hospedagem mais robusta e com alto desempenho como um Servidor Dedicado.

Hospedagem de Sites
Também chamada de ‘compartilhada’, esse tipo de hospedagem de sites é uma ótima opção para quem procura uma solução com melhor custo-benefício. Como o próprio nome já diz, esse serviço consiste em alocar diversos sites compartilhando um mesmo servidor web – por isso ela possui um preço mais acessível. Mas mesmo compartilhando um único servidor, cada conta de hospedagem possui seus próprios recursos para armazenamento do site.
Essa hospedagem é indicada para pequenas empresas, blogs pessoais e pequenas lojas virtuais que estão começando a construir sua presença online mas não contam com um grande orçamento.

Servidor Dedicado
O Servidor Dedicado é um serviço de hospedagem exclusiva recomendada para lojas virtuais ou sites com grande tráfego, por exemplo. Este serviço permite um controle avançado sobre o servidor com possibilidade de realizar configurações de acordo com as suas necessidades – o que exige um conhecimento mais avançado para gerenciar o servidor.

Depois de entender melhor a diferença entre esses dois tipos de hospedagem e entender as necessidades do seu site, é hora de procurar o tipo de hospedagem é mais adequada para ele pesquisando pelas empresas e produtos que elas oferecem.

Para ajudar você na busca da melhor hospedagem de sites veja abaixo os critérios que devem ser analisados:

Sobre a empresa

  • Suporte Técnico: Verifique se a empresa oferece serviço de atendimento ao cliente, quais são os canais e horários de atendimento. Procure por uma empresa com profissionais capacitados, atendimento em português e que esteja à sua disposição 24 horas nos 7 dias da semana, por exemplo.
  • Boa reputação: Veja o que os clientes dizem sobre a empresa, se ela se preocupa em responder os clientes e resolver os problemas. Procure pelo histórico dela para saber se possui experiência no mercado. Busque informações como: em que ano foi fundada, qual o tamanho dela, se possui premiações etc. Hoje também contamos com as redes sociais para conhecer melhor as empresas; além disso, sites como o Reclame Aqui podem te ajudar a conhecer a reputação da empresa.
  • Gerenciamento: A empresa oferece um painel de controle eficiente para você administrar o seu site? É em português? É intuitivo e fácil de usar?
  • Uptime: Procure por uma empresa que oferece garantia de disponibilidade do servidor e cumpre com o prometido.
  • Garantias: Verifique se ela possui políticas de reembolso caso o cliente não esteja satisfeito com o serviço prestado.

Sobre o produto

  • Espaço de armazenamento em disco: O espaço em disco oferecido no plano atende às necessidades do seu site? Se ele crescer, seria fácil fazer upgrade para uma plataforma mais robusta ou com mais recursos?
  • Transferência de dados: Veja qual é o limite de tráfego do plano e se ele é suficiente para o número de visitas do site.
  • Diferentes tecnologias: A hospedagem de sites oferecida é Linux ou Windows? É importante conhecer isso pois se o seu site roda aplicações baseadas em .NET ou ASP, por exemplo, é importante optar por um servidor Windows.
  • Número de endereços de e-mail: Verifique se há limitação de contas de e-mail e do espaço de armazenamento. A quantidade oferecida é suficiente para o número de usuários de e-mail que você tem?
  • Domínios: Você quer ter mais de um site? Então veja se o serviço que você pretende contratar permite ter múltiplos domínios hospedados.
  • Segurança e sistema de backup: Conheça as medidas de segurança da empresa e o sistema de backup dela, e como você pode ter acesso a ele caso precise.
  • Flexibilidade: Veja se a empresa oferece diferentes serviços e se há a possibilidade de alteração futura ou então a escalabilidade do plano contratado, caso seu site cresça e precise de uma hospedagem mais robusta.
  • Extras: Se você não sabe programar procure saber se empresa oferece um Criador de Sites ou se possui um sistema fácil para instalar as aplicações mais conhecidas, como WordPress, Joomla, Magento. Você vai precisar de alguns produtos adicionais como SSL ou serviços de segurança? É possível comprar domínios com a mesma empresa? A empresa oferece produtos diferenciados como, por exemplo, e-mail profissional ou umaajuda para configurar o seu site? Tudo isso facilita na hora de gerenciar as suas contas.

Fonte: HostGator


Página 2 de 212