Rua João Lisboa s/n São Pedro
Codó-MA CEP 65.400-000
(99) 3661-3856
(99) 98805-2207
contato@hostdominus.com.br
vendas@hostdominus.com.br

Blog


5 ferramentas para quem deseja ser um freelancer

Sabemos que a ideia de trabalhar de casa é tentadora, mas que muitos ainda têm medo de se jogar na vida de freelancer e acabar se perdendo nela. Se você tem pensado nessa possibilidade, saiba que existem algumas ferramentas que podem lhe auxiliar durante o trabalho, lhe ajudando a ter mais foco nas tarefas e a controlar seus gastos.

Sim, porque ser um freelancer não é tão simples assim. É tão complicado quanto trabalhar em um emprego habitual, nós já falamos sobre isso por aqui, mas para ajudá-lo, listamos 7 aplicativos para você começar no mundo dos freelas com tudo! Confira:

1 – Gmail + Drive + Docs + Agenda…

Com uma conta de e-mail Google é possível agilizar muito sua vida como freelancer. E-mail, Hangout, Drive, Agenda e Docs são algumas das funcionalidades oferecidas. O melhor é que é tudo integrado, você não precisa abrir vários softwares ao mesmo tempo para trabalhar.

Um ponto positivo é o Google Docs, com esse serviço é possível compartilhar documentos, apresentações e planilhas sem mistério algum – e a equipe pode acompanhar as alterações e contribuir em real time.

O Google Agenda também é espetacular! Ele avisa TUDO, TUDO! Sabe aquela reunião que você havia marcado para segunda, às 10h? Você não irá se esquecer! Um e-mail às 9h50 aparecerá em sua caixa de entrada alertando sobre ela. É mágico! 🙂

2 – Trello

Para gerenciar tarefas essa é uma ferramenta muito boa. O Trello é muito fácil de ser utilizado e também tem uma versão para smartphone. Dessa forma, se você estiver viajando, é muito mais fácil acompanhar o andamento de suas tarefas. Por ele é possível estabelecer datas para a entrega dos trabalhos, marcar os membros da equipe, criar check-list, realizar o upload de imagens, comentar e muito mais. Se você utiliza metodologia ágil, também é possível utilizar plugins para contabilizar as horas e a pontuação dos afazeres.

3 – Slack

Se você tiver que lidar com uma equipe grande, o Slack é uma boa opção para contato. É possível centralizar a comunicação pela ferramenta e ele também possui APP para smartphone. Fora que a interface é muito divertida e dá para apagar as mensagens. Sabe aquela resposta que você escreveu correndo e acabou errando algumas palavras? É… Lá dá para alterar! 😉

4 – StayFocusd Chrome Extension

Problemas para focar em suas tarefas? Fique tranquilo porque com o StayFocusd será muito mais fácil evitar as distrações. Ele é uma extensão para o Google Chrome e lhe ajudará a perceber o quanto de tempo você tem desperdiçado com as redes sociais, por exemplo. Ele pega pesado com aqueles malandrinhos, que tentam dar uma escapada básica, sabe? Vale usar!  

5 – Hootsuite

Você é social media e está pensando em pegar uns freelas? O Hootsuite é uma plataforma interessante para agendar posts e acompanhar as menções das marcas nas redes. Com ele é possível agendar tweets, postagens no Instagram, LinkedIn e no Facebook, também.
[+] Dicas importantes:

Realize reuniões semanais com seus freelas para alinhar a pauta. Se você presta serviço para uma empresa que fica em outra cidade, utilize o Skype ou o Hangout, mas não se esqueça das presenciais – olho no olho ainda é melhor;

Faça do seu trabalho uma prioridade. Identifique o horário em que você é mais produtivo e deixe para realizar as tarefas sempre naquele momento. Será mais fácil alinhar o lazer com seus freelas nesse caso;

Está monótono trabalhar de casa? Faça algo diferente, que desperte sua criatividade! Que tal passar a tarde em uma cafeteria? O aroma do café, as pessoas e o próprio ambiente é inspirador. Experimente!

Fonte: Locaweb


Manual do Blog: Como construir personas e engajar o seu público

Agora que você já tem tudo preparado para o seu blog – registrou o domínio, encontrou uma hospedagem e tem o layout definido, é hora de pensar em seu leitor, os assuntos que você irá produzir e o quanto é importante ter ele envolvido com o seu blog. Para isso, preparamos algumas dicas para você construir personas e manter o seu público engajado. Venha conferir!

Idealizando o leitor do seu blog

O processo de definição de público está interligado com a criação de conteúdo do seu blog, pois esse público será formado por aquelas pessoas que se identificam com o que você produz. Dessa forma, o público é moldado conforme você cria assuntos que interessam.
É preciso ter em mente quem você quer que seja o seu leitor e comece a construir um perfil que o define – o que chamamos de construir personas.
Personas são representações fictícias do seu público-alvo e auxiliam você à tomar decisões, isso ajudará e acompanhará você por todo o caminho do blog.

A construção desse perfil constitui em reunir informações demográficas e sobre comportamento do seu leitor, como por exemplo: local onde mora, idade, interesses e outros. É comum finalizar essa análise e encontrar mais de um perfil de persona, já que não é preciso limitar-se à uma única descrição para não restringir muito o seu público – mas também não exagere para não perder o foco.
A criação de personas permite que você tenha conhecimento e controle de quem acompanha o seu conteúdo, veja como fazer esse perfil.

Construindo Personas

Há inúmeros métodos para a construir personas e todos consistem em responder algumas perguntas. Transferindo para o ambiente de um blog, podemos customizar essas perguntas e chegamos em algo semelhante à isso:

  • Qual é a idade o seu leitor?
  • Quais assuntos o interessam?
  • Quais são suas expectativas?
  • Ele possui preocupações?
  • Quais são os seus hobbies e paixões?
  • Que tipo de post ele gostaria de ler?
  • Que tipo de informação ele busca em outros blogs?
  • Quais livros ele gosta de ler?
  • Quais são seus objetivos?
  • Quais são suas habilidades?
  • O que ele não gosta de fazer?
  • Quais assuntos ele não gosta?

E muitas outras perguntas que você pode ir adicionando. Liste vários exemplos de conteúdos que interessariam o seu leitor e após finalizar comece a respondê-las.

A última parte desse processo para construir personas é completar a seguinte ficha:

  • Nome (fictício):
  • Alguma imagem que ilustre sua persona:
  • Idade:
  • Sexo:
  • Trabalho:
  • Nível de estudo:
  • Desejos:
  • Medos:
  • Desafios:
  • Como eu posso ajudar com o meu blog:

É claro que no dia a dia do blog nos deparamos com um público que não esperávamos encontrar, e para conhecer o seu leitor real você pode observar melhor os feedbacks que recebe, analisar qual é o post mais comentado, o que seu leitor costuma comentar, qual post teve mais compartilhamentos.. e por ai vai. Uma ótima opção para conhecer quem acompanha o seu blog é fazer uma pesquisa de público com um formulário do Google Docs, por exemplo. Lembre-se de deixar a pesquisa simples e rápida para receber bastante respostas.

Outra opção é utilizar o Google Analytics, com ele você tem métricas reais e confiáveis para entender como os usuários se comportam no seu blog e descobrir de onde eles vieram. Você pode também conhecer as suas maiores fontes de tráfego para ajudar em metas de crescimento e para te dar um conhecimento mais aprofundado para rever sua estratégia de divulgação e criação de conteúdo.

Essas duas práticas ajudam a moldar toda a sua trajetória com o blog e auxiliam você na hora de tomar decisões ao produzir os conteúdos, além de proporcionar que você envie a mensagem certa para a pessoa certa. Conforme você vai imaginando seu leitor ideal e comparando com o seu leitor real, o processo para construir a identidade do seu blog se torna mais simples e o tão sonhado engajamento com o público será alcançado.

Mas o que é engajamento com o público?

O engajamento, no ambiente de um blog, define o nível de envolvimento e interação que você alcança com o seu público, podemos dizer que o engajamento é o relacionamento entre você e seus leitores.
Ao estabelecer uma conexão mais íntima você cria uma afinidade com o público, dessa forma, o engajamento trata-se de encantar pessoas a fim de que elas produzam uma ação – seja ela comentar em seus posts, compartilhar nas redes sociais ou se inscrever no seu blog para acompanhar as novidades.

Resumindo: o engajamento é resultado do seu trabalho como criador de conteúdo e esse é um fator essencial para um blog, pois é envolvendo e inspirando as pessoas que você as estimula à compartilhar ou curtir o que você produz.

Com o seu público bem definido após construir personas e analisar seu leitor real, a criação de conteúdos está a todo vapor, não é mesmo? Agora você deve se preocupar em conquistar cada vez mais novos seguidores. Mais do que isso: o que você quer de fato é que o seu blog tenha sucesso com pessoas que se identificam com o conteúdo que você produz e que queiram receber novidades – você quer leitores engajados! Não é mesmo? Para manter o engajamento sempre em alta utilize alternativas como a construção de listas de e-mail para envio de newsletter.

Uma solução: Lista de e-mails

Sabe aquele campo para informar o seu e-mail e receber os conteúdos em primeira mão que você vê na maioria dos blog? Então, ele é um ótimo aliado para você construir uma lista de e-mails de quem costuma visitar o blog. Criar essa lista é uma solução para aproximar o seu leitor e contar as novidades que você preparou.
Essa tem o principal objetivo de disponibilizar uma newsletter periódica com alguns informativos sobre o seu conteúdo. Além disso, a newsletter permite que você produza um conteúdo exclusivo ou complementar somente para quem assina – não é uma ótima ideia?!

Sem falar que na porcentagem de visualização, uma newsletter costuma ser mais visualizada que uma divulgação no Facebook, por exemplo, pois quem disponibiliza o próprio e-mail está realmente interessado em receber o seu conteúdo – sem contar que o Facebook possui um certo filtro e as suas publicações não aparecem no feed de todos os seus seguidores, lembra?

Tenha em mente algumas preocupações ao criar sua newsletter: pense em um layout agradável e simples, com conteúdo ‘escaneável’ para ter o máximo de aproveitamento, um título bacana que desperte o interesse de abrir o e-mail e, é claro, crie algo que faça valer a pena a assinatura.
Lembre-se também de adaptar o layout do seu blog para que o campo de assinatura seja visível – para que sua lista de e-mails nunca pare de crescer!

Fonte: HostGator


Erro 404: como utilizar a página de erro a seu favor

Certamente você já deve ter acessado algum site e esperou por uma página mas na verdade encontrou aquela famosa mensagem “Not Found”.

O erro 404 é um das páginas de erros que os usuários mais encontram na web e, por isso mesmo, é importante usar ela para melhorar a experiência do usuário em seu site. Com esse objetivo vamos abordar nesse post o Erro 404, explicandocomo ele ocorre e mostrando maneiras melhores de conviver com ele. Confira no post.

 

Como esse erro ocorre?

O erro 404 é um código de resposta HTTP que indica que o usuário pode se comunicar com o servidor normalmente mas o servidor não pôde encontrar o que foi solicitado. Assim, o servidor de hospedagem irá apresentar a mensagem “404 – Página não encontrada” característica.

Esse erro significa que a página da web que o usuário estava tentando acessar não foi encontrada, essa página pode ter sido removida ou modificada. Pode ocorrer também quando:

  • o usuário tenta acessar um link quebrado ou que não existe;
  • o visitante do seu site digita a URL incorretamente.

Resumindo, o Erro 404 ocorre quando a página acessada não existe na URL inserida.

Quais as consequências desse erro?

É possível que o usuário perca a confiança no seu site, principalmente, se for a primeira visita. Ainda mais se você possui uma loja virtual – já que, nesse caso, o erro impede que o cliente realize a compra.

Infelizmente esse tipo de erro está presente em todos os sites, principalmente porque pode ser causado por erros de digitação do usuário. Então a melhor maneira é pensar em uma forma de utilizar esse erro a seu favor.

Antes de tudo, é preciso otimizar as suas URLs para deixá-las mais amigáveis – o que é ótimo para SEO. Lembre-se também para realizar redirecionamentos caso alguma página seja excluída – é possível que algum usuário tenha salvo sua página nos favoritos.

E o melhor conselho: customize sua página 404!
A página de erro padrão é simples e com termos em inglês (como na imagem), o que gera uma certa desconfiança, não é mesmo?


Então aposte na usabilidade sempre, veja algumas dicas na hora de customizar a sua página de erro 404:

  • Retire a mensagem padrão de erro;
  • Mantenha o layout padrão do seu site para mostrar ao usuário que ele continua navegando na mesma página;
  • Mantenha o menu do seu site ou adicione um botão para retornar à home;
  • Se possível, adicione um campo de busca ou indique algumas páginas semelhantes ao que foi pesquisado;
  • Erros não são bem vistos pelos usuários, então dê um toque de humor à página – mas cuide para sempre manter a identidade da sua marca;

Fonte: HostGator


WordPress: A famosa instalação de 5 minutos

O WordPress é, atualmente, uma das plataformas CMS (Content Management System) mais utilizadas para a criação de blogs na web. Este CMS foi desenvolvido em PHP/MySQL e é conhecido por sua fácil instalação. O WordPress é uma plataforma para gerenciamento de conteúdo, permitindo publicações de artigos, administração de comentários e interação com os visitantes.

Em um plano de hospedagem da HostGator, o WordPress pode ser facilmente instalado através do cPanel com o QuickInstall – que realiza a instalação do CMS na sua hospedagem WordPressem poucos minutos, sem que você tenha trabalho com configurações específicas.

Se você possui conhecimento de PHP e FTP, também é possível realizar a instalação do WordPress manualmente seguindo o passo a passo disponível no link abaixo:

Importante: para utilizar o WordPress.org você deve ter um plano de hospedagem de sites e um domínio registrado.

Como instalar o WordPress via QuickInstall

Os servidores da HostGator já estão preparados para receber qualquer instalação WordPress. Para realizar a instalação, basta seguir os passos abaixo:

1. Acesse o cPanel de sua hospedagem pelo endereço www.seudominio.com.br/cpanel (substitua seudominio.com.br pelo endereço do seu site) e faça login com seus dados;

2. No cPanel localize a seção Software/Serviços e clique no ícone do QuickInstall;

QuickInstall no cPanel

3. Na página inicial do QuickInstall, selecione o WordPress no menu lateral BlogSoftware

Quickinstall

4. No momento que você clicar na opção, as informações sobre o sistema aparecem no centro da página. Para prosseguir com a instalação clique em Continue.

5. Após isso, preencha os campos do formulário abaixo:

Quickinstall Formulario de Instalação WordPress

A) No campo Application URL: Na lista de domínios disponíveis em sua hospedagem, selecione em qual você deseja instalar o WordPress;
B) No campo após a barra: Com esta opção você pode criar ou informar um diretório onde deseja instalar o sistema. Importante: Se quiser que ele seja acessível a partir de seu domínio principal (seudominio.com.br, por exemplo), deixe em branco o campo após o seu domínio. Caso deseje instalar em um subdiretório, informe o nome logo após a barra, por exemplo ‘blog’, assim o WordPress será instalado em seudominio.com.br/blog;
C) A opção Enable Auto Upgrades: é um grande diferencial, pois com esta opção ativa as atualizações do sistema serão feitas automaticamente e sem preocupações, caso não deseje manter essas atualizações de forma automática – basta desabilitar a opção;
D) Admin Email: informe o e-mail do usuário para administração do WordPress;
E) Blog Title: insira o nome do seu site e/ou blog;
F) Admin User: informe o nome de usuário para acessar o WordPress;
As opções First Name (G) e Last Name (H): são para informar o primeiro nome e sobrenome do administrador;

6. Com todos os campos acima preenchidos, clique em Install Now;

7. Após a finalização do processo, você poderá visualizar o endereço de acesso ao painel administrativo (Admin Area), o login (Username) e a senha gerada (Password). Estes dados também serão enviados ao e-mail informado na instalação.

Quickinstall-formulario3

8. Parabéns, seu WordPress foi instalado com sucesso!

Fonte: HostGator


Página 5 de 15« Primeira...34567...10...Última »